Estúdio Vida Pilates
Questões, sugestões, elogios e reclamações? Fale Conosco:

Pilates e adeus sedentarismo

Saiba como praticar Pilates pode prevenir muitos problemas futuros
prancha-lateral

Pilates e adeus sedentarismo

0 Flares 0 Flares ×

Tão comum vermos pessoas reclamando de dor, descontentes com o corpo. Infelizmente.

Um motivo potencialmente determinante no surgimento de dores e a inconformidade com a forma, com a disposição física é o sedentarismo.

Toda pessoa que se exercita com frequência passa a perceber pequenos sinais de “desordem” no corpo, pois estão mais conectadas às suas sensações.

Sua percepção a respeito do próprio corpo está ligada. Por outro lado, pessoas sedentárias, tendem a estar desconectadas do próprio corpo. O que quer dizer isso? O corpo sedentário, assim como o corpo ativo, envia constantemente sinais de desajuste, desalinhamento.

No entanto, é como se o corpo ativo estivesse com o receptor ligado e o corpo sedentário estivesse com o sensor/receptor ligado mas desconectado. É como se no primeiro caso, houvesse uma ligação e alguém do outro lado para atender e, no segundo caso, não houvesse ninguém para atender a chamada.

Dessa forma, ao longo de meses, anos (sim! algumas pessoas conseguem passar mais de décadas sem se movimentar!), a pessoa sedentária vai deixando de prestar atenção no seu corpo e por isso não percebe muitas vezes sinais de perda de flexibilidade e enrijecimento articular, diminuição da força muscular, perda de equilíbrio, decréscimo na funcionalidade do seu corpo, etc., apenas percebendo que seu corpo não está saudável quando apresenta dor (geralmente intensa) ou quando exames estão alterados, apresentando diminuição de cálcio nos ossos (osteopenia, osteoporose), aumento de taxas de colesterol, glicose e triglicerídeos, escoliose, desgaste articular com indicação de colocação de prótese articular… Essa é, comumente, a realidade dos sedentários: só perceber que o corpo está precisando de movimento quando já está com alguma alteração postural/patologia/lesão instalada.

Em contrapartida, a pessoa ativa está sempre percebendo seu corpo e assim vai resolvendo pequenas situações de desconforto que surgem no cotidiano.

Por exemplo, durante um exercício de alongamento da cervical é comum notar que após um dia estressante ou após uma noite mal dormida, o alongamento fica mais difícil, que fica até mais dolorido de realizar o alongamento dos músculos da região. Se a pessoa em questão pratica exercícios com regularidade, vai repetir esses exercícios de alongamento com regularidade e vai atenuar a tensão nesses músculos, redistribuir a tensão em exercícios de reforço muscular e sentir melhora do quadro. Por outro lado, se a pessoa é sedentária e acaba não lançando mão de alongamentos, nem exercícios de mobilização, nem massagem relaxante…, vai permitir evoluir o quadro e uma contratura vai se instalar na região e prejudicar o funcionamento da articulação. Com o passar dos anos, isso gera um maior desgaste nas articulações adjacentes à região e então gerando dor, patologias relacionadas ao desalinhamento originado a partir de uma simples contratura.

Pilates é uma opção rica de consciência corporal, que a cada aula/sessão proporciona ao corpo inúmeros estímulos: força, flexibilidade, equilíbrio, alinhamento articular, postural, consciência espacial, coordenação motora, concentração, além de oferecer e desenvolver muitos outros fatores associados, tais como socialização, superação de desafios, motivação, disciplina e melhora a autoestima e a sensação de bem-estar geral.

Quem já praticou Pilates (com profissionais qualificados, como é o caso do Estúdio Vida Pilates! ;)) sabe… Nada melhor do que acabar uma aula de Pilates e sentir o corpo leve, alinhado, com uma disposição maior do que quando chegou!

LAUREN OLIVEIRA

Fisioterapeuta

Especialista em Cinesiologia/ Ciências do Movimento Humano- UFRGS Mestre em Fisiologia-UFRGS

.

Vem para o Estúdio Vida Pilates!

.

AGENDE SUA AULA EXPERIMENTAL:

3333 7780

vidapilates@gmail.com

.

CURSOS/WORKSHOPS PILATES

Informações: vidapilates@gmail.com

ABOUT AUTHOR

Nenhum comentário

0 Flares Facebook 0 0 Flares ×